Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2020

Há esperança!

Imagem
Fofoca é um clássico da espécie: teremos vacina? Imagem de Jacob Baker por Pixabay Dois fatos na última semana me deram esperança de que uma das facetas mais cruéis das novas tecnologias de interação social está dando sinais de esgotamento. Os resultados das eleições e a notícia da morte de Maradona, dada por um adolescente de 13 anos, me faz crer que, embora ainda muito poderoso, o fenômeno do fake news entra num novo patamar no imaginário dos usuários das redes sociais eletrônicas. Não há muito do que eu possa dizer sobre as eleições, uma vez que é mais fácil, e mais completo, acompanhar as análises dos resultados pelas mídias tradicionais e com especialistas mais gabaritados. A minha impressão - até mesmo com base nessas análises - é que os extremistas - que são os principais motores das fake news - não conseguiram, desta vez, colar suas mentiras e injúrias nos adversários a ponto de fazer com que seus candidatos ganhassem na base do engodo. Não nos enganemos: os mentirosos eletrô

70 Anos da TV Brasileira: Outras Telas - Episódio #10 - TVs de brasileiros no exterior

Imagem
Em Massachusetts, Brasil com S foi o primeiro programa para brasileiros: momento saudosista no encerramento da série dos 70 de outras telas da TV brasileira Precisa estar no Brasil para fazer televisão para brasileiros? Neste último episódio sobre as sete décadas da nossa TV, as TVs de brasileiros para brasileiros que moram no exterior. Não, aqui não se trata das experiências da Globo ou Record internacionais, pois para isso basta acessar a história que quer simplificar a televisão no Brasil somente às TV comerciais e estatais. Como escrevemos nas últimas nove semanas, a história de nosso maior veículo de comunicação é muito mais rica que os videos autopromocionais das emissoras comerciais. É essa diversidade que fez de nossa televisão um reflexo tão diverso quando a cultura e as formas de organização social de nosso povo. Mas, de partida, já vou pedir desculpas por um relato um tanto personalista, mas é o pouco que conheço do que foi produzido lá fora para nossos conterrâneos. Em min

70 Anos da TV Brasileira: Outras Telas - Episódio #9 - TVs Sindicais

Imagem
Trabalhadores e Patrões fazendo TV O Brasil tem um belo histórico de mobilizações sociais, e uma importante parte dele vem dos sindicatos dos trabalhadores. Conforme vimos nos episódios anteriores, a televisão brasileira, ao comemorar seus 70 anos, não deve se ater somente aos documentários que enaltece as TVs comerciais e estatais, mas a sua diversidade que reflete a diversidade de nossa cultura e vida social e que aparece na quantidade de tipos de televisão que temos por aí. Mas o sindicalismo e outros movimentos sociais não se apropriaram do veículo nesse período. Ainda assim, há caso emblemáticos que deveria servir de exemplos multiplicadores. Confesso que tenho pouco a testemunhar sobre as TVs sindicais e de movimentos sociais. Mas conversando aqui e ali, e fazendo pesquisas exploratórias na rede, e resgatando memórias e suas impressões, estou entre acreditar que, realmente, desconheço a existência dessas TVs e, bem, afinal não há muito o que descobrir.  O maior expoente, no enta

70 Anos da TV Brasileira: Outras Telas - Episódio #8 - TVs das Escolas Básicas

Imagem
TV produzida pelos alunos de uma escola pública de Sabará/MG  Para quê fazer jornalzinho se podemos fazer uma TV na escola? Um desafio que já tem feito com que muitos estudantes do ensino básico exercitem sua comunicação audiovisual. E o aumento da experiência vale a pena colocá-las no rol de outras telas no diversificado catálogo de tipos de televisão, muito mais amplo que as tradicionais comerciais comemoradas nos 70 anos do veículo no Brasil. Assim, como as universidades, as escolas de ensino básico também estão no ar. Ou, melhor dizendo, na rede. Mas que fique claro: as TVs nas escolas não surgiram com a internet. O comparativo com o jornalzinho da escola não é a toa. Era praticamente obrigatório, quando da abertura democrática e do ressurgimento de movimentos representativos estudantis nos anos 1970/1980, que as escolas tivessem tanto jornais feitos por alunos, quanto grêmios ou associações semelhantes. Vivia-se uma nova era de mobilização social e era preciso se expressar. Nem se

70 Anos da TV Brasileira: Outras Telas - Episódio #7 - As (verdadeiras) TVs Educativas

Imagem
Programa produzido pela TV Escola. Imagem de divulgação  No Brasil, só deveriam existir TVs comerciais e educativas, se fôssemos nos ater apenas na legislação. Enquanto as primeiras foram de vento em popa nos 70 anos da TV brasileira; as segundas, que têm o direito legal de usar esse nome, só o são na certidão de nascimento, amargam uma marginalidade na programação mental do brasileiro. Mas as verdadeiras TVs educativas estão pelo país, são excelentes, mas quase que completamente desconhecidas pelo público em geral, e parcamente conhecidas por um tipo de telespectador que deveria ser sua razão de viver: estudantes, professores e a galera geral das comunidades acadêmicas escolares.  As verdadeiras TVs educativas brasileiras são um daqueles exemplos nacionais de como temos bons exemplos de aplicação de recursos públicos aliados a um enorme desperdício de talento humano e um mísero retorno para aqueles aos quais deveriam mais receber. Talvez você já tenha ouvido falar da principal delas,