Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2016

A Teoria das Cordas e a Reforma do Ensino Médio

Imagem
Crédito: Pixabay CC0 Public Domain Estou em grandes dúvidas. Quando é assim, me permito viajar na maionese. Daí, lembro que, se a Teoria das Cordas for real, em algum universo paralelo o governo Dilma não caiu e ela acaba de lançar uma Medida Provisória (MP) com a reforma do ensino médio idêntica ao nosso mundo. Idêntica porque a atual equipe do MEC não é muito diferente, essa reforma está sendo gestada há anos, os governos petistas também eram chegados a uma MP, e a urgência das eleições e dos números horrorosos do IDEB são também os mesmos. Assim, eu apenas compararia a grita das entidades sociais e autoridades educacionais. No que elas fossem coincidentes, opa, aí era para prestar atenção em qual caminho seguir. No que as mesmas entidades, apenas estando em mundo paralelo distintos, divergissem, bem, isso eu jogaria no lixo. Porque o primeiro problema para discutir a reforma está em jogá-la em pleno Atlético e Cruzeiro. Me parece que o grita primeira foi "se é do govern

Banda larga no Brasil bateu no teto? Uai, mas não estava todo mundo integrado?

Imagem
Metade da população brasileira não sabe o que isso significa! Se tem algo que sempre desconfiei foi de palestrantes dizendo o qu anto o mu ndo está con ectado, o u que falta pouco para isso. É co mo saneamento básico: é fácil dizer que todos têm quando a sua água chega limp inha e o esgoto sai sem mal cheiro. Quem mora n os grandes centros (como esses palestrantes), desconhece uma reali dade foram de s eus bairros com Internet e canos de esgoto.     No mundo real, qualquer que seja a tecnologia, de inte rnet ou abast ecimento hídrico, ela irá refletir as desigualdades sociais. Em reportagem do Bruno Amaral , da Te la Viva, se vê que estamos longe dessa utopia em estarmos todos integrados pela internet. Baseando-se nos dados da pesquisa TIC  Domicílios 2015 , do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br) do NIC.br e CGI.br, ao que parece batemos no teto: o crescimento de banda larga nas residências se manteve estável de 2014 a 20

O Ensino Médio no Brasil faliu!

Imagem
Pra quê ensino médio se ele cabe no celular? Crédito Pixabay CC0 Public Domain Não saberia dizer o que é mais triste: uma vez mais as notas do Ideb (que avalia a qualidade do ensino básico no país) demonstrarem o quanto nossos alunos pouco sabem, ou ninguém ficar exatamente surpreso com isso. E não há meias palavras: nosso ensino médio é uma porcaria! Não devido aos professores, não devido aos alunos. Trata-se apenas da simples falta de uma política pública nacional que preste e quase um total descaso da sociedade com a temática. Os dados estão aí e é só procurar na internet. Basta dizer que o ensino médio está estacionado desde 2011 na média 3,7 (numa escala que vai até 10), e a meta para 2015 já eram parcos 4,3. O que você pensaria se seu filho chegasse em casa com um boletim de 4,3, mas com uma medalha do governo de honra ao mérito (afinal, atingiu a meta)? Aqui apenas o desabafo de professor universitário que escuta e lê muitos outros professores universitári

Palavra Cruzada - TV pública - Rede Minas - Crise EBC

Imagem

Garfaram a EBC: decisão autoritária que enterra anos de debates democráticos

Imagem
Em resumo, é isso: levou-se anos discutindo qual a configuração de uma empresa de comunicação pública, passou-se por todos os trâmites anteriores da elaboração de um projeto de lei e, depois, dentro do Congresso, pelas tais comissões, audiências públicas, plenárias e demais tratativas. Ou seja, bem ou mal, a EBC a Empresa Brasil de Comunicação, é fruto de um debate democrático que resultou na Lei 11.652, de 7 de abril de 2008. Aí o novo governo, para mostrar que quem manda é ele, com uma canetada diz que esse lei já não vale. Típico de ditaduras, que começam justamente ignorando as leis construídas democraticamente. Ok, sabemos que a grande maioria da população desconhece o que é a EBC. Esse argumento é usado pelos seus detratores para mostrar uma desimportância. Mas também a mesma parcela da população desconhece a Embrapa. E nem por isso querem transforma a empresa de pesquisa em almoxarifado do Ministério da Agricultura. Ou seja, o desconhecimento pela população não signif