Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2020

Inteligência Artificial recria Guimarães Rosa e destroi nossa autoestima

Imagem
Eu não daria um tostão, mas houve q uem pagasse U$ 500 mil por essa criação de uma IA . Imagem: Reprodução/Christie’s Uma parte de nós acredita que a Inteligência Artificial (IA) é pura ficção científica. Na hora do 'vamos ver', nada substituiria a complexidade do Ser Humano, que envolve muito mais do que conexões matemáticas e adaptações ambientais. A infinidade de variáveis incalculáveis e caóticas, além do domínio do planeta, nos deram Mozards, Da Vindis, Van Goghs, gênios artísticos que extrapolaram a matemática e o contexto onde viviam, o que mostraria que somos mais do que meras criaturas atendendo ao chamado da natureza. Mas, e se uma Inteligência Artificial pudesse, também, ser como um desses gênios? E se Minas pudesse ter um segundo Guimarães Rosa, agora vindo de um software? Acabaria nossa relevância enquanto espécie? Essa é uma questão que dá para pensar agora, pois já há IA podendo ganhar prêmio literário. O antropólogo Hermano Vianna fez um curioso e apavorante tes

TV Digital e as TVs religiosas: esculhambou geral!

Imagem
TVs católicas foram pedir dinheiro a Bolsonaro em troca de apoio editorial: pelo visto, as antenas divinas estão dessintonizadas.... Imagem de Anja por Pixabay   Quem diria? Uma turma expressiva da Igreja Católica, essa mesma que adora se contrapor às igrejas evangélicas (numa satírica inversão de lados da Reforma Protestante), se posicionou ombro a ombro com também parte de seus irmãos cristãos: os fiéis dirigentes de TVs católicas foram pedir contribuições financeiras ao presidente Bolsonaro e, em caso de serem atendidos, nada de "Deus te pague"! Os devotos empresários da comunicação se comprometeram a se alinhar editorialmente com o Poder Executivo! Além do espanto (embora não surpreendente) do descaramento (afinal, uma concessão pública, legalmente, não pode se alinhar politicamente), a tal iniciativa também me ajudou a relembrar um outro lugar de (des)conforto em que me encontrava: tem um tempo que parei de pensar sobre, afinal, o que aconteceu com os canais