Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2014

Castelo Rá-Tim-Bum: TV Infantil para gente grande

Imagem
  Por ocasião das comemorações dos 20 anos de Castelo Rá-Tim-Bum , reproduzo uma entrevista na ocasião do lançamento do livro que tinha no programa um objeto de pesquisa. Por Marcelo Fiuza - Jornal O Tempo - 3/9/2007 Professor da UNA, vice-presidente da Associação Brasileira de Televisão Universitária (ABTU), mestre em educação e doutor em educação, o jornalista Cláudio Márcio Magalhães, 42, realizou em sua dissertação de mestrado curiosa pesquisa partindo da premissa de que os programas voltados para criança no Brasil, seja nas emissoras educativas ou das comerciais, não se baseiam em teorias pedagógicas, mas em paradigmas que, por sua vez, são fruto de preconceitos. “Minha primeira ideia foi de desconstruir três desses preconceitos sobre programas para crianças. O primeiro é o de que TV comercial é do mau e a TV educativa é do bem. O segundo, que a emissora educativa não pode ter qualquer interferência comercial, ou vão se macular a filosofia e a missão da inst

Castelo Rá-Tim-Bum: 20 Anos de Revolução

Imagem
  Sim, a palavra revolução é quase correta, embora há tempos atrás não pensava assim. Digo isso para diferenciar evolução, que é a continuidade de algo que está em um crescendo, da revolução, que é a quebra de paradigma. Pois bem, Castelo não surge do nada e é herdeiro de outras produções voltadas para as crianças daqueles tempos, o que fortalecida a ideia de evolução. Só para ficar na TV Cultura, o Bambalalão e o antecessor Rá-Tim-Bum já eram herdeiros de uma tradição que tem como melhor exemplo o Vila Sésamo . Ou seja, programas para as crianças com o duplo desafio - conseguido, nestes casos, com sucesso - de unir bom entretenimento com a construção e/ou consolidação de conhecimento sem desprezar a criança como um sujeito inteligente, sem buscar a solução fácil da infantilização. Hoje, com a distância do tempo, percebe-se que Castelo foi um importante instrumento para repensar os conhecidos programas "loira+auditório+desenhos" a ponto deles serem extinto

Obrigado, Mestre!

Imagem
Rubem Alves - 1933 - 2014