e-Contos Icônicos #9: Bate-papo pós-tecno-saudosista

 

Tecnologia está nos nossos termos, mesmo quando já ultrapassada. Imagens: Pixabay.

 O tempo passa, o tempo voa, e nem o banco que tinha esse jingle para a sua poupança ficou numa boa. Imagine com as expressões! E como somos chegados em tecnologia, adoramos colocá-la em nossa conversa fiada (ops! quando vimos pela última vez uma máquina de fiar?). Mas a tecnologia voa ainda mais rápido, e de tal maneira nos impacta que até é engraçado ver jovens falando expressões das quais não têm a mínima ideia do seu significado original. Maquinando essas tranqueiras (de novo?), expressões que ainda usamos, mas que não encontram mais sentido com as atuais tecnologias, podemos imaginar o seguinte diálogo:

Os sujeitos, amigos que trabalham juntos, se encontram na lanchonete da empresa.

- Massa?

- Rapaz, tá antenado?

- Não, estou meio fora do ar.

- Foi o Júnior da repartição que badalou.

- É uma matraca mesmo.

- E ele está a todo vapor.

- Desembucha!

- Pois é, deu tilt!

- Desculpe, perdi o fio da meada.

- Eu mesmo quase perdi o bonde...

- Você está que nem disco arranhando... batendo na mesma tecla!

- Sabe aquele chato de galocha?

- O mala? O que estava por um fio?

- Passou a régua!

- Na gaita?

- Estourou a boca do balão e sebo nas canelas.

- Cara!!!! E o coroa?

- Em choque!

- Só! Queimou o filme!

- Ao vivo e a cores!

- Deve estar detonado.

- Uma pilha.

- Mas marcou touca, né?

- Tinha que ter virado o disco.

- Sempre achei que tinha um parafuso a menos.

- É, agora a fita enrolou.

- Isso que dá colocar a carruagem na frente dos cavalos.

- Entrou pelo cano.

Dois outros, discretamente, acompanhavam o papo furado. Um deles confessou, baixinho:

- Boiei!

- Coloca a engrenagem da caixola para funcionar...

O mais jovem pensa e tem um insight:

- Hummm... caiu a ficha!

contribuíram os nerds Danielle Morreale, Eudes Sobrinho, Flávia dos Santos Pereira e Lívia Horta.

E você, tem alguma expressão com tecnologia antiga? Deixa nos comentários! E se inscreva no blog!  Toda semana tem crônica nova!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Há esperança!

Espaço: a fronteira final

A pesquisa da comunicação pela hora da morte: um estudo sobre os livros da Intercom 2020