Revista da ABTU: TV Pública como objeto de estudos

1ª edição da Revista ABTU
O número de pesquisas acadêmicas que tem como foco a comunicação pública no país é significativo.
Muito mais significativo que o debate propriamente dito sobre a comunicação pública no país, infelizmente.
Mas cabe aos interessados tentar fazer alguma coisa. Neste sentido, um sonho antigo da ABTU - Associação Brasileira de Televisão Universitária era dar mais visibilidade a essa produção científica, na esperança de contribuir com mais conteúdo para a temática. Uma revista que pudesse circular, física e digitalmente, com os conteúdos destas pesquisas. Definitivamente, nunca se teve a intenção de uma publicação do tipo house-organ, há outros meios para isso. Mas, fazendo jus à sua origem, ter uma publicação acadêmico/científica onde pudesse dar extensão aos debates que preocupam o segmento.
Bem, aí está a Revista ABTU: TV Universitária + TV Pública. Embora o foco esteja, já no subtítulo, para as televisões, a comunicação pública terá também um amplo espaço, já que a temática é base de qualquer que seja a discussão.
A entidade lançou, durante o XIII Fórum Brasileiro de Televisão Universitária, o número 0, colocado assim por ser uma edição experimental. No entanto, ela se saiu melhor do que as expectativas (dado o pouco tempo que teve para ser produzida) e a associação já está editando o  número 1 para o lançamento ainda no primeiro semestre de 2014. A revista será semestral.
Os próximos textos são resultados de outra iniciativa há tempos sonhada pela ABTU. A de transformar parte de seu tradicional Fórum em um lugar onde os pesquisadores que se dedicam ao tema possam ter mais uma janela de exposição e debate.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Espaço: a fronteira final

Educação é Pop!

Há esperança!