Postagens

Democracia da Desinformação #25

Imagem
*(Des) Informando #25 – Métodos (nada) contraceptivos: a onda de desinformação no TikTok* 🚨*A Ruim da Semana:* vídeos desinformativos sobre métodos anticoncepcionais têm viralizado no TikTok nas últimas semanas. Veja alguns casos no programa de hoje. 📚 *Essa Informa:* métodos de fixação de crenças: tenacidade e autoridade: entenda de que maneira os vídeos do TikTok podem ganhar engajamento. Texto de referência: https://seloppgcomufmg.com.br/publicacao/sociedade-da-desinformacao-e-infodemia/ 🪖 *Fake Old:* a invasão dos EUA no Iraque, em 2003 - que desencadeou na Guerra do Iraque - foi justificada por duas informações falsas. 📋 *Pré-verdades:* consumo de informação enquanto se busca entretenimento: os riscos de consumir informações em ambientes não noticiosos.

Educação é para Todos!! Histórias em Quadrinhos

Imagem
Na semana que Belo Horizonte recebe o FIQ - Festival Internacional de Quadrinhos, o Educação é para Todos! retransmite a conversa com o pesquisador e historiador Márcio dos Santos Rodrigues. Afinal, que as histórias em quadrinhos já fazem parte da educação formal, todos sabem. Aliás, dizem que, mais que a álgebra, quem mais assusta a meninada na escola e em exames como o ENEM são a Mafalda, o Hagar e Calvin e Haroldo, sempre colocando os estudantes à prova! A Turma da Mônica é quase uma constante nos períodos iniciais. Mas será que estamos usando todo o potencial das HQs na Educação? Existe vida inteligente e cultural fora desses clássicos que poderiam tornar a aprendizagem ainda mais legal? Será que se aprende com as HQs só quando estão sendo cobrados conhecimentos por suas narrativas visuais? Márcio dos Santos Rodrigues também é editor, tradutor e educador, Márcio é doutorando em História pelo Programa de Pós-Graduação em História Social da Amazônia da Universidade Federa

Dia da Diversidade

Imagem
Hoje é uma data dedicada a aumentar a conscientização sobre a importância crucial da diversidade biológica em nosso planeta. Este dia nos chama a refletir sobre como cada espécie, não importa quão grande ou pequena, desempenha um papel vital no equilíbrio ecológico do mundo.🤝💚 A biodiversidade é a fundação sobre a qual podemos construir um futuro sustentável. Ela sustenta ecossistemas funcionais que fornecem oxigênio, água potável, fertilidade do solo, controle de pragas, e inúmeros outros serviços ecológicos que sustentam a vida humana.🐅🌺 Vamos nos unir para proteger e preservar nossa biodiversidade! Desde pequenas ações locais até grandes iniciativas globais, cada esforço conta. Invista tempo para aprender sobre as espécies nativas da sua região e pratique hábitos que minimizem seu impacto ambiental. 🌐 Juntos, podemos fazer a diferença! Vamos celebrar a rica diversidade do nosso planeta e trabalhar para garantir que futuras gerações também possam desfrutar de um mund

Séc. XII !!!!!!

Imagem
Na página publicitária holandesa: "Amsterdam surgiu de um pequeno povoado de pescadores, como todas as cidades que ao longo da história se desenvolveram ao lado do mar. No século XII, a construção de um dique (dam) sobre o rio Amstel deu nome ao povoado aí assentado: Amsteldam."

Os movimentos estudantis por quem entende

Imagem
Gabriel Priolli é meu mestre. Ainda na escola de jornalismo - da qual não gostava lá muito antes - ao ver e ler a sua produção é que me deu o clic: "se é pra ser jornalista, que seja assim!" Não que fosse lá muito mais velho que eu. Mas o jovem Gabriel já era um prodígio, e foi um dos professores mais jovens da PUC São Paulo. Portanto, no seu mais recente documentário, "Os caminhos da democracia - 1932-1977: a história do movimento estudantil no Brasil" tem a rara união de testemunha ocular com o talento - agora ainda mais maduro - de um documentarista completo, unindo visão crítica equilibrada e tratamento estético-narrativo que prende a audiência pelo prazer de uma boa contação de história. Seria preciso dizer da relevância da temática? Claro, né, já que hoje é muito fácil ficar xingando os jovens de alienados, só ficam na internet, perderam os valores... blá, blá, blá de gente que não entende de jovens, de que são movidos por desafios, mas também sofrem como nunc